As festas de fim de ano chegam e, com elas, além da tradicional discussão sobre a existência de uvas passas na comida, vem também o peso na consciência – e na balança – pela comilança em excesso.

Se por um lado gostamos de chafurdar na ceia de Natal, por outro acabamos nos cobrando uma atitude em relação ao ganho de peso típico da época. Se você também está se cobrando nesse sentido, fique tranquilo: de acordo com uma pesquisa recente, há um jeito eficiente de perder peso sem que seja preciso entrar de cabeça na dieta da vez.

O estudo em questão contou com a participação de 294 mulheres universitárias. Entre elas, constatou-se que as que se pesavam diariamente ao longo de dois anos não ganharam peso no decorrer do mesmo período, ao contrário das que não mantiveram o mesmo hábito.

As participantes tinham pesos e IMCs diferentes – além do mais, nenhuma delas estava dentro de algum plano de perda de peso.  O público-alvo foi o de mulheres universitárias justamente porque esse grupo de pessoas acaba sendo mais cobrado em termos de aparência física e de peso corporal. Além disso, um levantamento feito em 2009 já havia revelado que 70% dos universitários ganham peso no primeiro ano da faculdade.

Boas novas

pesando

A conclusão da pesquisa revelou que o hábito de se pesar diariamente ajuda não apenas a controlar o peso como a emagrecer também. “As perdas de IMC e de porcentagem de gordura corporal foram modestas, mas ainda assim significativas, especialmente tendo em mente que essas mulheres não faziam parte de um programa de perda de peso”, ressaltou a principal autora do estudo, Diane Rosenbaum.

O estudo não nos permite afirmar que a pesagem diária contribui para a perda de peso, mas certamente o hábito de subir na balança todos os dias nos incentiva a cuidar melhor do corpo, seja por meio da prática de atividades físicas ou pela adoção de hábitos alimentares mais saudáveis – até mesmo porque ao perceber um pequeno ganho de peso, já é possível tomar alguma medida para reverter a situação, se for desejado.

Vale sempre lembrar que o hábito de se pesar diariamente não deve ser um gatilho para cuidados descontrolados, até mesmo porque nosso peso varia ao longo do dia e em decorrência do que pode acontecer com o nosso corpo – retenção de líquido, funcionamento intestinal e ciclo menstrual, por exemplo. O fundamental mesmo é buscar consciência do que se come, dos exercícios físicos praticados e de como esses fatores influenciam o peso do seu corpo.