A história bizarra de um homem que errou na dose de um remédio para disfunção erétil tem algo importante para nos ensinar e algo curioso para nos explicar sobre medicamentos em geral: Primeiro, é preciso não tomar mais do que o recomendado, e segundo, alguns efeitos colaterais são realmente muito bizarros.

O caso em questão é de um homem de 31 anos que tomou um medicamento genérico do Viagra, o Sildenafil. Basicamente, o jovem disse ter tomado uma quantidade qualquer direto da embalagem do remédio, que é líquido, e depois de algum tempo ele passou a sentir alguns efeitos colaterais bem desagradáveis.

Esse tipo de medicamento é conhecido por poder provocar problemas de visão, como sensibilidade à luz, visão embaçada e mudança no padrão de cor, sendo que esses sintomas são geralmente temporários e não duram mais do que um dia.

O homem cujo caso estamos falando aqui, no entanto, não deu tanta sorte assim. Logo após ingerir a quantidade desconhecida do medicamento, ele começou a ver flashes coloridos de luz e seus olhos ficaram muito sensíveis à iluminação. Na sequência, passou a enxergar tudo com uma coloração vermelha, e ainda que tenha buscado ajuda médica e que os outros sintomas tenham passado, ele continua enxergando tudo dentro do espectro vermelho há mais de um ano.

Eita!

susto

“As pessoas vivem pela filosofia de que se um pouco é bom, muito é melhor. Este estudo mostra o quão perigosa uma alta dose de um medicamento comumente usado pode ser”, disse Richard Rosen, do Retina Services, em declaração publicada no Gizmodo.

O Sildenafil já foi estudado outras vezes e há evidências de que o uso em excesso desse medicamento pode provocar danos aos olhos, mas Rosen disse que é a primeira vez que um caso de mudança permanente no espectro de cor foi relatado.

Exames feitos no paciente revelaram que células na sua retina, e que atuam identificando cores, foram realmente danificadas pelo uso do medicamento, e que o padrão de alteração é semelhante ao que as pessoas daltonismo experimentam.

Poderia ter sido pior

joey

“Conseguir realmente ver esses tipos de mudanças estruturais era inesperado, mas isso explica os sintomas que o paciente sentiu. Enquanto sabemos que distúrbios da visão colorida é um efeito colateral bem descrito desse medicamento, nós nunca tínhamos conseguido visualizar o efeito estrutural da droga na retina até agora. Nossas descobertas devem ajudar médicos a se tornarem mais conscientes das potenciais mudanças celulares em pacientes que podem ter usado a droga excessivamente, para que eles possam educar melhor seus pacientes sobre os riscos do uso em excesso”, disse Rosen.

Outro agravante no caso é o fato de que o medicamento foi comprado online, então a equipe de Rosen não pode descartar a possibilidade de que ele tenha sido contaminado por outro elemento.

Ainda que o caso do paciente citado pareça uma epopéia de muito azar, vale dizer que esses não são os piores efeitos colaterais das doses exageradas do medicamento, que pode causar ataques cardíacos, ereções doloridas e frequentes e, inclusive, grangrena e amputação peniana, em casos mais graves. Na dúvida, amigos, menos é mais.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!