1.  Evitem conversar o tempo todo

Alguns casais tentam compensar a distância se mantendo conectado o tempo todo através de aplicativos ou da internet. Esse tipo de comportamento pode acabar piorando a relação e fazer ela se desgastar muito mais rápido do que se vocês estivessem próximos. Procurem um meio termo entre a comunicação básica e a excessiva.

Um desenho

2. Encarem como um aprendizado

É comum pensar que os relacionamentos à distância tendem a não dar certo, mas existem inúmeros casos que provam que isso é apenas uma generalização fraca. Vocês devem encarar a distância como uma oportunidade de se aproximar de outras maneiras – o diálogo é fundamental!

Uma pessoa nadando na água

3. Definam limites

Alguns casais resolvem abrir o relacionamento quando o período separado é muito longo. Pode funcionar? Pode. Desde que, é claro, ambos estejam na mesma sintonia. Conversem sobre exclusividade e encontros casuais, por exemplo, para deixar bem claro ao outro as expectativas que vocês possuem.

Um homem parado

4. Comunicação: a alma da relação

A primeira dica foi evitar o excesso de comunicação, mas isso não significa deixar de contar seu dia a dia, até mesmo as coisas mais cotidianas, como o que você almoçou ou se o ônibus atrasou. Mandem fotos, gravem áudios e inovem na maneira de atualizar a outra pessoa sobre a sua vida.

Um perto de um muro pintado

5. Apimentem as conversas

Na falta do contato sexual, a troca de mensagens safadinhas se faz necessária para manter o desejo sempre latente. Vale mandar provocações, ter conversas picantes e dizer o que vai fazer com o outro assim que se encontrarem de novo. Só tomem cuidado com os nudes, afinal, se eles vazarem pode ser bem chato.

Um homem sentado numa mesa

6. Façam atividades juntos

A distância não impede que uma série de atividades possa ser feita em conjunto: que tal assistir a um filme ao mesmo tempo? Ou cantar na webcam enquanto o outro toca violão? Ou jogar um jogo online? A internet está à disposição para quem é criativo!

Casal

7. Troquem mimos

Uma ideia é deixar com a outra pessoa algo bastante particular da sua vida. Vale ursinho de pelúcia, pingente, moletom, chaveiro etc: o importante é que a pessoa tenha algo para olhar e se lembrar de você em vários momentos do dia.

Um homem segurando um telefone

*Publicado em 27/9/2017