1. O broche de safira da rainha Victoria

No dia de seu casamento, em 10 de fevereiro de 1840, a rainha Victoria recebeu do príncipe Albert, seu noivo, um broche de safira. Como na tradição inglesa a noiva precisa usar algo novo, algo azul, algo antigo e algo emprestado, o broche caiu como uma luva – mas só foi considerado como “algo azul”, já que a cor simboliza lealdade e devoção. Hoje a joia pertence à rainha Elizabeth II, trineta de Victoria.

broche

2. A tiara quebrada da rainha Elizabeth II

Já a rainha Elizabeth II recebeu uma belíssima tiara de diamantes no dia de seu casamento, em 20 de novembro de 1947. Porém, instantes antes da cerimônia começar, o cabeleireiro da rainha sem querer quebrou a joia! O objeto foi mandado às pressas para a joalheira House of Gerrard para ser restaurada a tempo do casamento.

tiara

3. A coroa britânica

A atual coroa da realeza britânica foi criada em 1937 para o rei Jorge VI. Ela pesa quase 1 kg e é cravejada de diversas pedras preciosas. Porém, a mais impactante e valiosa é o diamante Kohinoor, localizado no centro da peça. Acredita-se que ele possa ter mais de 5 mil anos e tenha passado por diversas mãos até chegar ao marajá indiano Ranjit Singh, em 1813. Quando o país virou colônia britânica, a joia acabou sendo confiscada pela rainha Victoria e faz parte do acervo britânico desde então. A Índia já tentou reaver a joia, mas não obteve sucesso. O valor estimado de toda a coroa, atualmente, é acima dos US$ 12 bilhões!

coroa britanica

4. O anel da princesa Diana

Lady Di escolheu um modesto anel de safira quando ficou noiva do príncipe Charles, nos anos 1980. Isso desagradou a família real, já que, na época, a joia custava “meros” 28 mi libras, um preço que “qualquer um” poderia pagar. Além disso, ela nem sequer foi feita sob encomenda, tendo sido uma criação da joalheria House of Garrard. Depois da morte de Diana, o anel foi herdado pelo príncipe William, que deu a peça de presente para sua esposa, Kate Middleton.

anel diana

5. A tiara de casamento de Kate Middleton

O rei Jorge VI encomendou à joalheria Cartier um tiara com 888 diamantes para presentear sua esposa Elizabeth I, em 1936. A filha deles, a atual rainha Elizabeth II, herdou a peça, mas raramente a usou, tendo emprestada a Kate Middleton na ocasião de seu casamento com o príncipe William, em 29 de outubro de 2011.

tiara